Tratando Falhas Conhecidas em Código – Juliet Test Case

14 11 2012

Apoiando o  desenvolvimento de software seguro e de qualidade, muito se fala da OWASP, porém ela é muito focada em Web Applications e nem só de Web vive a indústria de desenvolvimento de software.

Há algumas  iniciativas interessantes, como o da SEI  (Software Engineering Institute),  SafeCode, mas uma que vem me chamando muito a atenção são as do  NSA’s Center for Assured Software (CAS) via o  NIST que mantém o projeto SAMATE (Software Assurance Metrics And Tool Evaluation) Reference Dataset (SRD).

A fim de resolver a crescente falta de qualidade dos softwares utilizados no governo dos EUA, o CAS  foi criado em 2005 com a missão de melhorar a segurança de software empregado por eles. E o CAS tenta cumprir esta missão, entre outras coisas, ajudando as organizações nos processos de implantação de ferramentas para tratar de garantia de todo o ciclo de vida de desenvolvimento de software.

Leia o resto deste post »





Os formatadores de strings da Granja do Solar

7 11 2007

Recentemente fiz uma revisão de código onde encontrei sprintf, gets, strcat e strcpy para todos os cantos, além de outros pecados mortais. Não houve como não lembrar dos capítulos “os formatadores de strings da Granja Solar” do livro Exceptional C++ Style (que traduzido para o pt-br virou Programação Avançada em C++) do Herb Sutter, onde de uma forma divertida ele cita George Orwell:

 

“Todos os animais são iguais, mas alguns são mais iguais do que outros”

Descontando os detalhes não tão óbvios, sobre strings, com várias fontes bibliográficas (inclusive em português) não acreditei na quantidade de código inseguro que encontrei num software comercial, mas é como diz o Jeff Atwood do Coding Horror [1] para encontrar código inseguro, basta procurar!

Leia o resto deste post »





Os formatadores de strings da Granja do Solar

5 11 2007

Recentemente fiz uma revisão de código onde encontrei sprintf, gets, strcat e strcpy para todos os cantos, além de outros pecados mortais. Descontando os detalhes não tão óbvios, sobre strings, com várias fontes bibliográficas (inclusive em português), não acreditei na quantidade de código inseguro que encontrei num software comercial.

Como expressa o Sutter, “francamente, você já deveria estar utilizando snprintf mesmo antes dele ter tornado-se padrão” em “os formatadores de strings da Granja do Solar” capítulo do livro Exceptional C++ Style (que traduzido para o pt-br virou Programação avançada em C++) do Herb Sutter, onde de uma forma divertida ele cita George Orwell:

“Todos os animais são iguais, mas alguns são mais iguais do que outros”

Leia o resto deste post »